homem1

Masculinidade, desemprego e outros fatores se combinam para aumentar o risco de suicídio nos homens.Homens de meia idade são um dos grupos de maior risco para suicídio - eles continuam três vezes mais propensos a tirar a própria vida do que as mulheres.Nosso relatório de 2012, Homens e Suicídio: Por que é uma questão social, investiga o porquê e define o que os formuladores de políticas podem fazer para mudar isso.Você pode ler sobre nossa abordagem e recomendações nesta página ou fazer o download do relatório completo abaixo.

Nosso relatório analisou seis temas principais:

  1. Traços de personalidade - alguns traços podem interagir com fatores como privação, desemprego, desconexão social e eventos desencadeantes, como quebra de relacionamento ou perda de emprego, para aumentar o risco de suicídio.
  2. Masculinidade - mais do que as mulheres, os homens respondem ao estresse assumindo riscos, como o abuso de álcool e drogas.
  3. Rompimentos nos relacionamentos - o rompimento do casamento tem mais chances de levar homens, ao invés de mulheres, ao suicídio.
  4. Desafios da meia-idade - as pessoas atualmente na meia-idade estão enfrentando mais problemas de saúde mental e infelicidade em comparação com as pessoas mais jovens e mais velhas.
  5. Analfabetismo emocional - os homens têm muito menos probabilidade do que as mulheres de ter uma visão positiva de aconselhamento ou terapia e, quando utilizam esses serviços, é o momento da crise.
  6. Fatores socioeconômicos - as pessoas desempregadas têm 2-3 vezes mais chances de morrer por suicídio do que as que trabalham e o suicídio aumenta durante a recessão econômica.

Os homens tiveram uma taxa de suicídio várias vezes maior do que as mulheres. Neste estudo de 204 suicídios consecutivos, os autores examinaram três áreas nas quais os homens diferiam das mulheres. Os homens usavam métodos de suicídio mais violentos e imediatamente letais, tinham quase três vezes mais chances de abusar de drogas e mais chances de ter problemas econômicos como estressores. Os autores concluem que, embora a diferença na taxa de suicídio entre homens e mulheres seja complexamente determinada, o peso da evidência sugere que mais homens do que mulheres pretendem cometer suicídio.

A um sinal de insatisfação procure ajuda, as mulheres tem uma quadro menor porque procuram ajuda com não conseguem resolver algum conflito. Os homens pelos princípios machista tem a certeza que não precisa de ajuda “que ele sabe resolver” , e na grande maioria comentem o suicídio por um problema extremamente fácil de resolver.

Nosso Endereço

  • Rua Carlos Chagas, 635 - Jardim Esplanada  - São José dos Campos - São Paulo -  Brasil
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • (12) 3027-4844 - Whats Consulta 98822 0007

Sua Opinião

 

  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • (12) 3027-4844 - Whats Consulta 98822 0007

Leia um dos mais importantes sites da saúde mental.

Usuários Online

Temos 1326 visitantes e Nenhum membro online

Configurações do Site

Cor

Escolha uma das cores abaixo:
Azul Laranja Vermelho

Corpo

Cor de fundo
Cor do texto

Cabeçalho

Cor de Fundo

Destaque 3

Cor de Fundo

Destaque 4

Cor de Fundo

Destaque 5

Cor de Fundo

Rodapé

Selecione um tipo de menu
Fontes do Google
Tamanho da fonte
Tipo da Fonte
Direção